Advertisements

O dentista brasileiro Felipe Rossi, 38 anos, sabe a importância de um sorriso e ao presenciar milhares de famílias carentes precisando de um tratamento dentário, ele ajudou a fundar a ONG Por1sorriso.

Felipe e sua equipe de voluntários percorrem o Brasil e o mundo corrigindo gratuitamente dentes de pessoas que não podem pagar pelo tratamento. Seu objetivo? Devolver sorrisos!

“Hoje, eu conto com um time de 40 voluntários. Cada um faz a sua parte e também cobre seus custos com as viagens até a essas regiões e tudo mais”, explicou Felipe ao Razões.

De acordo com uma pesquisa do IBGE, 11% da população brasileira não tem dente! Retratando a dura realidade de milhares de brasileiros.

Foto: Reprodução/Instagram

Atendemos todas as idades. Cada pessoa tem uma história, sabe? Tem gente que foi agredida e perdeu os dentes. Gente que não conhece emprego por falta dos dentes. Gente que vai casar e que gostaria muito de ter os dentes. São muitas situações e histórias”, disse.

Advertisements

Felipe relatou que o projeto tomou uma proporção que ele não esperava, e com isso, vêm mais cobranças e a consciência de que o número de pessoas necessitadas sem acesso ao dentista é maior do que imaginamos!

“Montamos o ‘consultório’ no local e atendemos as famílias. Fazemos o tratamento completo, desde restauração dos dentes até canal.”

Como funciona o pagamento desse projeto?

O patrocínio vem de duas empresas que pertencem a amigos pessoais de Felipe e, mais recentemente, da Colgate. Pessoas físicas podem doar por meio do “Sorriso Solidário”. É possível escolher uma quantia mensal que varia de R$ 10 a R$ 200, ou fazer um depósito bancário de qualquer valor. “A verba ainda é muito aquém do que a gente precisa para fechar a conta no final do mês”, diz o presidente da organização.

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

(fonte: SóNotíciaBoa)