Advertisements

Também quero um vizinho desses! Chegou o verão e para refrescar o calor um banho de piscina cai super bem, né? Para as crianças, então, só de falar a palavra piscina, os olhinhos brilham! Pena que nem todas têm uma piscina em casa pra dar um tibum, né?

O seu Jaílson, 62 anos, sabe muito bem disso. Por isso, ele criou a “Colônia de Férias do Vovô Jailson”. Uma festa na piscina da sua casa, em Maceió (AL), para todas as crianças da vizinhança, com direito a cachorro-quente, sorvete, pipoca e muuuitos brinquedos.

O mais curioso nisso tudo é que, segundo a sua filha mais nova, Laura, 23 anos, o seu Jailson dizia a ela e aos irmãos que “não criaria os filhos dos outros, porque os dele já estavam criados”.

Bobagem, né seu Jailson?! Ou “vovô xixixu”, que é como sua netinha de quatro anos o chama, pois não consegue falar o nome do vovô Jailson.

homem que realiza festa na piscina segurando duas crianças
Foto: Arquivo Pessoal

“Desde que eu construí a piscina, eu via a criançada paquerando ela e decidi fazer um dia só para elas brincarem à vontade, então, no ano passado, surgiu a festinha, que agora acontece todo segundo sábado do ano”, disse o vovô.

A filha confirmou ainda que, antes da festinha surgir, o pai já deixava as crianças brincarem na piscina. Agora, num dia especial, ele reúne as crianças da família e da vizinhança.

Advertisements

“Quando as crianças da rua paravam, ficavam olhando a piscina e ele deixava elas entrarem em casa para tomar um banho, daí, em janeiro do ano passado, ele veio com essa ideia (risos)”.

convite de festa de verão
Foto: Arquivo Pessoal
homem que faz festa na piscina em casa pafra as crianças segurando bolo
Foto: Arquivo pessoal

Confira como foi a última ‘bagunça’ na piscina do vovô!
Então, para a alegria da criançada, no último sábado (11), foi realizada a segunda edição da festa, reunindo cerca de 20 crianças! hahahaha demais!

“É uma bagunça! Para atender a criançada, ele recruta a família e faz um dia de lazer. Ele ensina a nadar, contrata pula-pula, basquete, boias, compra algodão doce, lasanha, cachorro-quente, tudo!”, contou Laura.

Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

E sabe o mais legal de tudo? É que no final da festa (que acontece o dia todo!) não dá para discernir quem é criança e quem são os adultos, todo mundo entra na farra!

“É contagiante. Crianças e boas ações vão mudar o mundo”, disse Laura.

Que demais, seu Jailson! 👏